DOURO

Image

TERRUS

Devemos falar do vinho, porque por enquanto só temos um.
TERRUS é feito exclusivamente com uvas cultivadas neste terroir.


A colheita é uma festa, o culminar de um ano de trabalho continuado e atento. È feita à mão, normalmente num só dia, para caixas de 20kg. Transportadas de imediato para a zona de recepção as uvas são escolhidas, desengaçadas e caem no lagar.

A fermentação processa-se com pisa a pé e demora em média de 5 a 8 dias, dependendo da temperatura ambiente, do estado de amadurecimento e outros factores.

A colheita TERRUS 2005, a primeira a ser comercializada, estagiou 12 meses em madeira, antes de ser engarrafada na primavera de 2007. A produção foi de 2.600 garrafas.

Vinhas

2 hectares de vinha plantados a partir de 1999 num compasso generoso que resultou em 3500 pés/ha.

Numa encosta muito íngreme, em que a altitude vai dos 200m aos 350m, os sucalcos são suportados por muros de granito feitos à mão e ao longo dos anos.

A orientação predominante é a Oeste, sendo o solo exclusivamente granítico.
A freguesia de Barrô, no Baixo Corgo, faz limite da Região Demarcada do Douro na margem Sul e é zona de transição para os vinhos verdes.

As castas escolhidas foram Touriga Nacional, Touriga Franca, Souzão e outras em regime experimental. A vinha é acompanhada intensa e amorosamente ao longo do ano com uso mínimo de produtos químicos.

A Adega

O edifício da adega, que já foi simultaneamente lagar de azeite e data do século XVIII, foi recuperado e renovado. Desenvolve-se em 3 pisos.

No mais alto foi-lhe acrescentada uma zona de recepção, com tapete de triagem e desengaçador, de onde as massas passam directamente para os lagares de granito. São nestes fermentadas, com pisa a pé, processo que pode demorar até uma semana. Depois dos lagares, localizados no piso intermédio, passam para a zona de prensagem e armazenamento em inox. Todo o equipamento, depósitos de inox, prensa, etc., incluindo sistema de frio, permite vinificação em perfeitas condições de higiene e modernidade.

No piso inferior encontram-se as barricas de carvalho, onde o vinho estagia por periodos determinados pelo enólogo. Esta disposição, que acompanha a morfologia do terreno, permite utilizar a força da gravidade e minimizar a necessidade de meios mecânicos.

Todo o conjunto beneficia de isolamento térmico e presenteia quem nele entra com o maravilhoso aroma de gerações de colheitas envelhecendo paciente e graciosamente.
Image

IDENTIFICAÇÃO

MARCA: TERRUS
REGIÃO: Douro
TIPO DE VINHO: Tinto
PRODUTOR: Maria da Assunção Foy
ANO: 2012

NOTA DE PROVA

COR: Vermelho Rubi
AROMA: Fruta vermelha com toque de especiarias.
SABORES:  Fruta vermelha, frescura, boa acidez e taninos equilibrados.
COMO SERVIR: Abrir com antecedência, se possível ou decantar.
TEMPERATURA: A gosto (16-20 ºC)
ACOMPANHAMENTO: Todas as carnes e queijos, algum peixe.

ENOLOGIA

DATA DA VINDIMA: Setembro / Outubro
VINIFICAÇÃO: Em lagar com pisa a pé.
ESTÁGIO: Em barrica de carvalho francês.
ENÓLOGO: Francisco Montenegro

ANÁLISE QUÍMICA

ÁLCOOL: 13,5% vol.
ACIDEZ TOTAL: 5,7
AÇÚCAR RESIDUAL: 0,6
PH: 3,57

VINHA

SOLO: Granítico
CLIMA: Mediterrânico
CASTAS: Touriga Nacional, Touriga Franca, Sousão, outras.
IDADE DA VINHA: 12 anos.
PRODUÇÃO: 6.000 garrafas.
TÉCNICO DE VITICULTURA: Luís Montenegro

Historial

A oitava colheita desta vinha que atinge produção quase plena. Os métodos continuam manuais e tradicionais, com fermentação em lagar e pisa a pé.

2 burros e 5 ovelhas foram introduzidos na quinta, para consumir e controlar a vegetação, produzir estrume e ocasionalmente fazer uma lavra ligeira.
Image

IDENTIFICAÇÃO

MARCA: TERRUS
REGIÃO: Douro
TIPO DE VINHO: Tinto
PRODUTOR: Maria da Assunção Foy
ANO: 2011

NOTA DE PROVA

COR: Vermelho Rubi
AROMA: Frutos vermelhos e silvestres, especiarias.

ENOLOGIA

DATA DA VINDIMA: Setembro / Outubro
VINIFICAÇÃO: Em lagar com pisa a pé.
ESTÁGIO: 18 meses barrica de carvalho.
ENÓLOGO: Francisco Montenegro

ANÁLISE QUÍMICA

ÁLCOOL: 13,92
ACIDEZ TOTAL: 5,5
AÇÚCAR RESIDUAL: 0,2
PH: 3,69

VINHA

SOLO: Granítico
CLIMA: Atlântico temperado.
CASTAS: Touriga Nacional, Touriga Franca, Sousão predominantes.
IDADE DA VINHA: 15 anos.
PRODUÇÃO: 5.000 garrafas.
TÉCNICO DE VITICULTURA: Luís Montenegro

Historial

Em 2000 Maria da Assunção e Christopher Foy começaram a  replantação da vinha com o fim de produzir um vinho diferente e complexo utilizando castas tradicionais e usando alguma inovação.  O sobrinho Francisco Montenegro é o conselheiro e enólogo responsável.  A vinha apresenta-se em socalcos suportados por um grande número de muros de granito. Encontra-se na margem esquerda, ou seja Sul do rio Douro, a cerca de 10 km da Régua. Dentro do Baixo-Corgo fica no limite da região demarcada e já em zona de transição, beneficiando de invernos mais amenos, verões menos quentes e maior pluviosidade.

Fermentação feita nos originais lagares de granito, com pisa a pé. O edifício da adega, que já foi simultaneamente lagar de azeite e data do século XVIII, foi recuperado, renovado. Todo o equipamento, incluindo sistema de frio, permite vinificação em condições de higiene e modernidade. A colheita TERRUS 2011 Grande Reserva passou 18 meses em madeira antes de ser engarrafada em 2013, passando mais um mínimo de 2 anos de estágio na garrafa. Produção - 5.300 garrafas.
Image

IDENTIFICAÇÃO

MARCA: TERRUS
REGIÃO: Douro
TIPO DE VINHO: Tinto
PRODUTOR: Maria da Assunção Foy
ANO: 2010

NOTA DE PROVA

COR: Vermelho Rubi.
AROMA: Frutos vermelhos, especiarias.
SABORES: Apropriado.
COMO SERVIR: Com comida.
TEMPERATURA: 16-18 ºC.
ACOMPANHAMENTO: Carnes, bacalhau, queijo.

ENOLOGIA

DATA DA VINDIMA: Setembro / Outubro
VINIFICAÇÃO: Em lagares.
ESTÁGIO: 18 meses barrica.
ENÓLOGO: Francisco Montenegro.

ANÁLISE QUÍMICA

ÁLCOOL: 13,90
ACIDEZ TOTAL: 5,5
AÇÚCAR RESIDUAL: 1,9
PH: 3,66

VINHA

SOLO: Granítico.
CLIMA: Atlântico temperado.
CASTAS: Touriga Nacional, Touriga Franca, Sousão predominantes.
IDADE DA VINHA: 15 anos.
PRODUÇÃO: 5.300 garrafas.
TÉCNICO DE VITICULTURA: Luís Montenegro.

Historial

Maria da Assunção Foy herdou a propriedade em 1999 e começou a recuperação em 2000.  Replantou a vinha com o fim de produzir um vinho diferente e complexo utilizando castas tradicionais e usando alguma inovação.  O sobrinho Francisco Montenegro, formado na UTAD em Vila Real, é o conselheiro e enólogo responsável.  A vinha apresenta-se em socalcos suportados por um grande número de muros de granito. Encontra-se na margem esquerda, ou seja Sul do rio Douro, a cerca de 10 km da Régua. Dentro do Baixo-Corgo fica no limite da região demarcada e já em zona de transição, beneficiando de invernos mais amenos, verões menos quentes e mais pluviosidade.

A fermentação foi feita nos originais lagares de granito, com pisa a pé. O edifício da adega, que já foi simultaneamente lagar de azeite e data do século XVIII, foi recuperado, renovado. Todo o equipamento, incluindo sistema de frio, permite vinificação em perfeitas condições de higiene e modernidade. A colheita TERRUS 2010 Grande Reserva passou 18 meses em madeira antes de ser engarrafada na primavera de 2012, passando mais um mínimo de 2 anos de estágio na garrafa. A produção foi de 5.300 garrafas.
Image

IDENTIFICAÇÃO

MARCA: TERRUS
REGIÃO: Douro Doc
TIPO DE VINHO: Tinto
PRODUTOR: Maria da Assunção Foy
ANO: 2008 RESERVA

NOTA DE PROVA

COR: Rubi
AROMA: Fruta negra e esteva.
SABORES:  Frutos vermelhos e especiarias.
COMO SERVIR: Generosamente.
TEMPERATURA: 16-18 ºC
ACOMPANHAMENTO: Carnes, queijos, bacalhau.

ENOLOGIA

DATA DA VINDIMA: 10 Outubro 2008.
VINIFICAÇÃO: Lagar.
ESTÁGIO: 12 meses madeira.
ENÓLOGO: Francisco Montenegro.

ANÁLISE QUÍMICA

ÁLCOOL: 14,22%
ACIDEZ TOTAL: 5,79
AÇÚCAR RESIDUAL: 2,2
PH: 3,66

VINHA

SOLO: Granítico.
CLIMA: Mediterrâneo/Atlântico.
CASTAS: Touriga Nacional, Touriga Franca, Sousão, outras.
IDADE DA VINHA: 8 anos.
PRODUÇÃO: 4.000 garrafas 0,75L.

Historial

Maria da Assunção Foy herdou a propriedade em 1999 e começou a recuperação em 2000.  Replantou a vinha com o fim de produzir um vinho diferente e complexo utilizando castas tradicionais e usando alguma inovação.  O sobrinho Francisco Montenegro, formado na UTAD em Vila Real, é o conselheiro e enólogo responsável.  A vinha apresenta-se em socalcos suportados por um grande número de muros de granito. Encontra-se na margem esquerda, ou seja Sul do rio Douro, a cerca de 10 km da Régua. Dentro do Baixo-Corgo fica no limite da região demarcada e já em zona de transição, beneficiando de invernos mais amenos, verões menos quentes e mais pluviosidade.

A fermentação foi feita nos originais lagares de granito, com pisa a pé. O edifício da adega, que já foi simultaneamente lagar de azeite e data do século XVIII, foi recuperado, renovado. Todo o equipamento, incluindo sistema de frio, permite vinificação em perfeitas condições de higiene e modernidade. A colheita TERRUS 2008, a quarta a ser comercializada, passou um ano em madeira antes de ser engarrafada na primavera de 2010. A produção foi de 4.000 garrafas.
ADEGA    |     ARMAZÉM    |     CASA DA EVA    |     RIVER VIEW    |      LEMON TREE    |     VINHA    |     ANIMAIS

Maria Assunção Foy

Terrus

Contacte o produtor

Rua do Convento 281
Quinta de Fundo de Vila
4660-036 BARRÔ - RESENDE
PORTUGAL

terrus.douro@gmail.com

Tlm: +351 918 627 605
Tel:
+351 254 969 067